Saber pôr-se no lugar do outro

    808

    Um mundo mais acessível e mais inclusivo é perfeitamente possível, para além de desejável! As barreiras arquitetónicas podem ser eliminadas se combatermos as barreiras mentais de cada um de nós. Para tal, é necessário que procuremos pensar sempre “e se fosse eu?”,  “e se fosse comigo?”, antes de falarmos e agirmos. Basicamente, tudo se resolve se pusermos em ,see os cumprir. to aos nossos sonhos e todos temos o dever de afastar as barreiras que possam impedir alguprática velhas máximas como: não faças aos outros aquilo que não gostarias que fizessem contigo. E são coisas tão simples, tão fáceis de identificar: na próxima vez que forem ao shopping e virem ocupados todos os lugares no parque de estacionamento, e os de mobilidade reduzida vagos, pensem assim: “não vou estacionar ali porque posso complicar a vida de alguém que, já de si, tem a vida complicada.

    Ler artigo completo ...