Saber pôr-se no lugar do outro

    808

    As barreiras arquitetónicas são o maior obstáculo das pessoas com mobilidade reduzida. Mas, se pensarmos bem, as barreiras arquitetónicas existem por causa das barreiras mentais. Afinal, os prédios, as ruas que não têm em conta quem tem problemas de mobilidade… não se constroem sozinhos! Somos nós, seres humanos, que os criamos. E, sendo assim, e havendo seres humanos com mobilidade reduzida, por que não são as estruturas arquitetónicas também pensadas para si? Naturalmente porque falta empatia! Falta pensarmos mais nos outros. Falta aprender a imaginarmo-nos no lugar do outro.

    Ler artigo completo ...