Residência alternada – Perguntas e Respostas

998
Na sequência da petição em prol da presunção jurídica da residência alternada, e da subsequente Carta Aberta de oposição, subscrita por 12 associações dedicadas ao apoio à vítima ou à combate contra a violência doméstica e abuso sexual de crianças (incluindo a Capazes), gerou-se alguma polémica, saudável, entre as distintas perspetivas sobre o assunto. Porém, atentas algumas tomadas de posição, tornou-se claro que havia um grau elevado de desconhecimento sobre alguns aspetos jurídicos, bem como a invocação de falsos dados empíricos ou estatísticos sobre matérias relacionadas a questão em debate. Porque todos os assuntos devem ser livremente debatidos em sociedade, o que apenas pode suceder quando os intervenientes tenham preocupações pedagógicas e um compromisso sério com a sua função educativa social, a Capazes considera ser relevante oferecer mais um contributo para o esclarecimento das questões fundamentais em debate.  PERGUNTAS E RESPOSTAS
Partilhar
Artigo anteriorDIREITO DE MATAR
Próximo artigoJULGADA POR FALAR. MORTA, SE CALAR.
Capazes é uma Associação Feminista que tem como objectivo promover a igualdade de género.