QUERIDA MANUELA

2253

No Dia Internacional das Mulheres, a minha homenagem à feminista Manuela Tavares, fundadora da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR).

Activista pela Igualdade há mais de 40 anos, Manuela Tavares é, para mim, uma referência absoluta. A autora do livro “Feminismos” (retrato histórico do Feminismo português e reflexão profunda dos Feminismos actuais e de futuro), entre outras obras, tem a rara e preciosa capacidade de conjugar a reflexão teórica e académica com o exigente trabalho no terreno, uma activista empenhada e séria, capaz de construir consensos e pontes dentro do próprio movimento feminista, tentando sempre conciliar posições, construir diálogos e, sobretudo, abraçar com enorme entusiasmo e generosidade as novas feministas e novas plataformas que vão surgindo, como é o meu caso (como mulher activista feminista) e o caso da Plataforma Capazes, desde o primeiro momento de existência.

Ler artigo completo ...