FEMINISTA, EU?

486

Em 32 anos de vida, com gosto e muito orgulho em ser mulher, dizia sempre não ser feminista. Pensava que ser feminista era um caso de “fanatismo” de género com o qual não me identificava de forma nenhuma! Achava que todas as feministas odiavam os homens só porque sim. Para ser sincera, fazia-me confusão tantas lutas e aqueles discursos inflamados sobre a igualdade quando afinal parecia que se queriam sobrepor ao outro género. Porém, sempre que me perguntam quem são os meus ídolos ou pessoas que admiro, a verdade é que a resposta é sempre no feminino Nunca associei estas escolhas a “feminismos” querendo apenas dar valor ao que realmente gosto e acho que merece destaque.

Ler artigo completo ...