Quando te diminuem

993


Depois, habilmente, a vítima é diminuída, “deixa estar, está quieta que tu não sabes fazer, tu não sabes fazer nada de jeito”; “isso, não fica bem, não tens corpo para vestir isso”. Aos poucos, vai-se interiorizando tudo isto como verdades absolutas, já não há outras versões para ouvir, apenas a de um agressor que se tornou o seu porto de abrigo.

Ler artigo completo ...