PARA AS MARIAS DE PORTUGAL

545

Com seis filhos e uma casa para construir, num país onde os ordenados eram tostões, a vida estava difícil. O marido, trabalhador e sábio, decidiu emigrar para um dos países onde se ganha muito dinheiro. Com o companheiro emigrado, Dona Maria ficou sozinha com o quintal e os seis filhos nos braços. Muitos diziam que estava muito bem, que o desgraçado se matava a trabalhar e ela a gozar-se da casa.

Ler artigo completo ...