PARA AS MARIAS DE PORTUGAL

548

Mas queria voltar para a aldeia, para a sua casinha.

Voltou. Todos no povo lhe falavam. Uma mulher às direitas, cuidou dos filhos e da casa sem nunca se meter na vida dos outros. Sempre a guardar respeito ao marido.

Ler artigo completo ...