O PREÇO DA OBEDIÊNCIA por Mikaela Ovén

1206

 

 

 

Durante a 2ª Guerra Mundial, em Estocolmo, na Suécia, juntou-se um grupo de psicólogos. Muitos estavam lá como refugiados, vindos da Áustria, da Holanda, da Bélgica, da Dinamarca e Noruega. Fizeram seminários informais onde a mesma pergunta estava sempre presente: Como é que rapazes alemães perfeitamente normais, muitas vezes com uma boa educação, se poderiam comportar tão mal durante a guerra? E como era possível justificarem os seus atos dizendo que estavam apenas a ”obedecer às ordens”?

Ler artigo completo ...