O MENINO-HOMEM QUE ME SALVOU A VIDA

3133

E expulsei-o de casa. Ao contrário daquilo que o país em que vivo exige das mulheres: que sejam elas a sair das suas casas com as crianças…

Foram apenas cinco anos de vida em comum, seis agressões e dívidas graves constantes, eu doente, com um menino adorável a crescer. Ele, empregado e muitíssimo bem pago, pelo meu pai. Uma experiência profissional em curriculum vitae que jamais obteria se não fosse a ligação a mim, e da qual faz uso público ainda hoje.

Ler artigo completo ...