O MENINO-HOMEM QUE ME SALVOU A VIDA

3133

E o resultado feliz vai sendo visível. Também com esta plataforma “Capazes”.

E um menor que se dirigiu a um tribunal, sem qualquer manipulação, pelo contrário, com inteiro respeito pelo que sentiu, pelo que viu, pelo que sofreu, de forma corajosa e reconhecidamente admirável, sem qualquer apoio de adultos no local, sem qualquer receio, e que testemunhou o que teve de assistir em pequenino, desmentiu todas as declarações registadas pela Segurança Social no seu processo, todas as mentiras assustadoras e absurdas, e sustentou jurisprudência que o defendeu nos seus mais elementares direitos: o Direito a dizer Não ao que não presta, a quem lhe fez (e faz!) tanto mal e que nunca pagou por isso.

Ler artigo completo ...