O Bom Rapaz

418

Há uns tempos, surgiu o desafio Smash or Pass? no YouTube. Não vi muitos vídeos, mas pelos a que assisti, percebi que, basicamente, o jogo consistia em escolher alguém com base nas fotos/vídeos que publicavam e… nos seus atributos físicos. Foi a ideia generalizada com que fiquei: “hmm… smash X porque é loira, e eu gosto de loiras” ou “smash Y porque tem um bom par de mamas”. Nunca assisti a um smash referindo-se o sentido de humor ou a inteligência da pessoa.

A tendência Smash or Pass? evaporou-se na velocidade estonteante das redes sociais. Contudo, recordo-me de pensar como tudo aquilo reforçava estereótipos de género. Sendo este conteúdo visualizado por muitos menores, de alguma forma, legitimou-se a escolha do outro exclusivamente com base naquilo que vemos, na aparência. E em quem detém o poder dessa escolha.  Não vi nenhum conteúdo feito por YouTubers femininas e, embora existam, são em número bastante inferior aos que envolvem desafios protagonizados por rapazes e homens. Talvez porque as mulheres e raparigas ainda sejam reprimidas, na educação e na sociedade, sobre esse tal “poder de escolha”.

Ler artigo completo ...