Memória e Resistência LGBTI durante a ditadura portuguesa, uma obra de Raquel Afonso

485

Este é um livro de memórias onde Raquel Louro tentou dar voz a quem não conseguia expressar-se. Procurou-se compreender uma parte da Ditadura que tem sido muitas vezes relegada para a sombra porque, até no estudo da resistência, parece que há uns que resistiram mais do que os outros, ou que são mais dignos de estudo do que outros. Aqui, procurou-se desconstruir um tempo pretérito, do qual pouco se sabe e pouco se fala em Portugal. Não porque se queira ficar «agarrado» à história, porque há futuro, mas porque é necessário conhecer o que está para trás para se poder caminhar em frente.”

Ler artigo completo ...

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Partilhar
Artigo anteriorAbstenção
Próximo artigoHá sempre qualquer coisa
Capazes é uma Associação Feminista que tem como objectivo promover a igualdade de género.