Memória e Resistência LGBTI durante a ditadura portuguesa, uma obra de Raquel Afonso

483

Vivemos tempos conturbados na Europa, nos Estados Unidos, no Brasil, em vários países do Médio Oriente, de África e da Ásia, de desrespeito, violência e discriminação de pessoas com diferentes orientações sexuais e identidades de g na comunidadema, ão e se orgajaénero, curiosamente já reconhecidas – e consideradas – nos mais significativos documentos produzidos por diversos sectores da Organização das Nações Unidas. Curiosamente ainda, esses documentos foram ratificados pela maioria dos países representados na ONU, mas não é isso que tem impedido uma escalada de violência contra a população LGBTI que vive quase na clandestinidade em grandes países, por exemplo, como a Rússia.

Ler artigo completo ...

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Partilhar
Artigo anteriorAbstenção
Próximo artigoHá sempre qualquer coisa
Capazes é uma Associação Feminista que tem como objectivo promover a igualdade de género.