GLÓRIA por Rita Ferro Rodrigues

1158

Glória
(Homenagem ficcionada , com base em dados reais)

Maria da Glória Moreira , de Vila
Nova de Gaia , 76 anos, reformada, viúva há dois.
Estava a passar férias na Tunísia pela primeira vez, sozinha. Já lá tinha estado com o marido. Tinham sido as melhores férias das suas vidas.
Imagino -os num amor antigo e feliz, em longos passeios à beira mar, de mãos dadas.
” Meu amor ” – sussurrava -lhe ele ao ouvido e a pele  dela arrepiava -se, num desejo eterno e sem idade .
Imagino – a corajosa, procurando essa mesma praia da estância turística de Sousse, sozinha, dois anos depois da morte do seu companheiro, determinada, à procura dele e certamente dela, da vontade de atenuar a dor num banho no mar que era de ambos, na vontade de recomeçar. Apesar de tudo, recomeçar.

Ler artigo completo ...