ELA: O GRANDE BALDE DE ÁGUA FRIA por Manuela Goucha Soares

778

Um ano depois, a 15 de julho, a Isabel partiu por vontade própria. Depois de ter sido diagnosticada, fez o testamento vital. Terá dito às filhas que escolheria o momento em que optava por terminar o seu caminho de dor e sofrimento. Tal como a personagem principal do filme “Um Ponto de Viragem”, que conta com a espantosa interpretação de Hilary Swank no papel de uma pianista, ainda jovem, a quem é diagnosticada esclerose lateral amiotrófica, a Isabel sentiu que não queria viver dependente de respiração artificial. Quando a questão se colocou, saiu de casa para ser internada num unidade de saúde onde foi submetida a uma sedação contínua e progressiva. As filhas e o genro acompanharam-na durante dez dias. Tinha 51 anos e pesava 20 quilos quando pôs fim a uma doença brutal que a tornou prisioneira do seu próprio corpo.

Ler artigo completo ...