DESDE QUANDO É QUE O AMOR DEIXA NÓDOAS NEGRAS?

6953

Estás a perguntar-me se EU gosto de mim?

Sim. Se Tu gostas de Ti….

Sim, há uns anos gostava. Acho que gostava ou, pelo menos, nunca me tinha confrontado com isso assim dessa maneira… Sempre fui uma criança, embora tímida e discreta, bastante feliz, acho. Lembro-me como se fosse hoje, da alegria com que acordava todos os dias e da excitação de sair de casa para brincar. Era parte da minha maneira de ser na altura fazer as coisas de forma delicada e súbtil para não dar muito nas vistas mas, assim que me cativavam, tornava-me na “menina prodígio”. Palavras da minha mãe. Ela dizia muitas vezes que eu tinha uma forma de estar na vida pouco habitual, sobretudo para aquela idade. Costumava dizer-me que eu era muito resiliente. Eu não percebia lá muito bem o que isso queria dizer mas ria-me simplesmente e abraçava-a, sabendo que teria certamente razão e que um dia talvez conseguisse perceber o significado dessa coisa esquisita da resiliência…

Ler artigo completo ...