Amor e o lugar do merecimento

1776

Continuamos a apaixonar-nos pelos homens que damos a cara em outras lutas para que sejam extintos. Continuamos a permitir a entrada de homens da caverna nas nossas vidas e não fazemos nada com isto a não ser engolir em seco e seguir em frente. A verdade é que providenciamos um espaço muito confortável para que ele venha e que fique e continuamos a permitir que não proteja esse espaço como nós, que não ame este “espaço” como nós. Ficamos caladas. Não queremos que nos achem loucas ou histéricas. Acreditamos que este hipócrita silêncio nos dará, porventura, uma imagem de equilíbrio e de educação. Estes homens, estes de que falo, são aqueles que se aproveitam de uma frase motivacional e a interpretam à luz da sua verdade.

Ler artigo completo ...